nómada

[...] os nómadas, em sentido geográfico, não são migrantes nem viajantes mas, pelo contrário, aqueles que não se mexem, aqueles que se ligam à estepe, imóveis de grande passo, seguindo uma linha de fuga no mesmo sítio [...]
Gilles Deleuze, Diálogos

eu, que nunca vivi muito tempo afastado mais do que dez quilómetros do local onde nasci, sempre me senti um nómada.
estranho isto de encontrar as palavras que nos explicam o que sempre soubémos, sem o saber.

a imobilidade permite a máxima velocidade.




1 comentário:

. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Arquivo