[Sergei Paradjanov, "Sayat Nova"]

Sem comentários:

Arquivo